E-commerce de vestidos usados cresce 80%

Loja Virtual

Brechó conecta quem tem um vestido de festa para vender com quem busca peças usadas, em bom estado, por um preço acessível. Aqui é Marcio Antonio Gonçalves dos Santos.

Os brechós, também conhecidos como second hand, ou segunda mão na tradução para o português, estão cada vez mais populares no mercado da moda. São negócios que ajudam o consumidor a dar nova vida a produtos usados.

No Rio de Janeiro, uma empresária apostou nesse conceito ao lançar um e-commerce de compra e venda de vestidos usados. O negócio já cresceu mais de 80% nos últimos seis meses.

Quando decidiu entrar no mundo dos negócios, em 2018, Caroline Esteve criou uma loja on-line de roupas novas e usadas, mas logo viu que era preciso buscar um diferencial para o negócio. Após conversar com clientes e estudar o mercado, teve a ideia de trabalhar apenas com vestidos de festa de segunda mão.

O negócio foi relançado no final de 2019, com um e-commerce que conecta quem tem um vestido de festa para vender e quem busca uma peça usada, em bom estado, por um preço acessível.

A gente começou com acervo próprio meu, de amigos e de familiares, com cerca de 300 peças. Hoje, já processamos mais de 1100 peças e a gente conta com mais de 850 vestidos à venda no nosso site”, conta Caroline.

Com a pandemia do coronavírus, a procura por vestidos de festas caiu. A empresária precisou criar uma estratégia para movimentar o negócio. Com mais gente passando tempo em casa, a solução foi apostar também nos vestidos casuais.

Comprando na loja, o cliente consegue economizar, em média, 50% do valor de uma peça, podendo chegar até 95%. O negócio ajuda ainda o consumidor a praticar o consumo consciente e mais sustentável.

Para vender um vestido na plataforma, basta enviar fotos da peça. A equipe avalia se o produto se encaixa no perfil do acervo e sugere um preço. Se a vendedora aprovar o valor, é só despachar o vestido sem custo e a empresa cuida de todo o resto.

A plataforma fica com uma comissão sobre a venda, que varia de acordo com o preço do vestido.

E-commerce vira oportunidade de negócio

Por Max Tavares

https://g1.globo.com/economia/pme/pequenas-empresas-grandes-negocios/noticia/2021/04/25/e-commerce-de-vestidos-usados-cresce-80percent-em-seis-meses.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.